Retrospectiva 2013 – JBC – (1/5)

Chegamos em 2014. Então que tal para começar este novo ano, conferir tudo que a JBC ofereceu em 2013 e o que virá em 2014, nesta primeira postagem de cinco retrospectivas de 2013.

Nossa, o ano já acabou e eu nem acabei de ler meus mangás ainda. Tenho certeza que isso não aconteceu só comigo já que esse ano tivemos vários lançamentos e relançamentos. Sem contar que 2013 foi o ano pra algumas editoras, com isso nós saímos, ou não, no lucro!

Bom, vamos começar com a JBC, com certeza essa editora nos trouxe muitas alegrias e tristezas, se olharmos pelo lado financeiro, já que essa teve pelo menos um lançamento a cada mês do ano de 2013. Haja cofrinho quebrado, mesada, salário, dinheiro do lanche pra gastar com mangás. Ficamos mais pobres, mas ficamos mais felizes!

Editora JBC

 

Mangás Cancelados em 2013

– Futari H – Katsuaki Nakamura: Cancelado em Março no mangá 42 (ainda em publicação no Japão)

Finalizados em 2013

– Burn-Up: Excess & W – Oogure Ito (01) – Fevereiro

– Negima! –  Ken Akamatsu  (76) – Fevereiro

– Bakuman – Tsugumi Ohba e Takeshi Obata (20) – Abril

– Ranma ½ – Rumiku Takahashi (38) – Abril

– The Innocent – Avi Arad, Junichi Fujisaku e Yasung Ko (01) – Maio

– Card Captor Sakura –  CLAMP (12) – Maio

– Level E – YoshihiroTogashi (03) – Maio

– Another –  Yukito Ayatsuji e Hiro Kiyohara (04) – Maio

– Rg Veda –  CLAMP (10) – Agosto

– Mangá of the Dead –  Vários autores (01) – Dezembro

– O Senhor dos Espinhos – Yuuji Iwahara (06) – Dezembro

– Death Note Black Edition –  Tsugumi Ohba e TakeshiObata  (06) – Dezembro

Lançamentos de 2013

                                                                   

– Diário do Futuro – Sakae Esuno (12) – Janeiro

– Burn-Up: Excess & W – Oogure Ito  (01) – Fevereiro

– Another – Yukito Ayatsuji e Hiro Kiyohara (04) – Fevereiro

– Level E – Yoshihiro Togashi (03) – Março

– Relançamento Love Hina – Ken Akamatsu (14) – Abril

– The Innocent – Avi Arad, Junichi Fujisaku e Yasung Ko (01) – Maio

– Genshiken –  Kio Shimoku (09)  – Junho

– Senhor dos Espinhos – Yuuji Iwahara (06) – Junho

– Death Note Black Edition – Tsugumi Ohba e Takeshi Obata (06) – Junho

– Blue Exorcist – Kazue Katō (em publicação no Japão) – Julho

– Combo Rangers – Fábio Yabu e Michel Borges (01) – Agosto

– Thermae Romae – Mari Yamazaki (06) – Agosto

– Super Onze – Tenya Yabuno (34) – Outubro

– Relançamento Guerreiras Mágicas de Rayearth – CLAMP (06) – Outubro

– Mangá of the Dead – Vários autores (01) – Dezembro

– Jogo do Rei –  Kanazawa Nobuaki e Renda Hitori (06) – Dezembro

O que vem por aí em 2014

– Sailor Moon – Naoko Takeuchi (18)

– Sailor Moon V –  Naoko Takeuchi (03)

– Btooom! – Inoue Junya (ainda em publicação no Japão)

– Spiin-offs de Diário do Futuro –  Sakae Esuno (02)

Depois de tudo isso,  queremos sua opinião, qual foi o melhor lançamento? Quais vocês compraram? E qual nota você daria a JBC em 2013?

Post: July

Anúncios

5 pensamentos sobre “Retrospectiva 2013 – JBC – (1/5)

  1. E os que eu comprei em 2013, foram: Sensei Negima!, Ao no Exorcist, Love Hina Special, Magic Knight Rayearth Special, Card Captor Sakura Special, RG VEDA e Burn-Up: Excess & W. RAnma 1/2 eu quero comprar em breve.

  2. A nota que eu dou para editora… Nota 10,0 em relação aos relançamentos, porque estão sendo publicados em papel off set, que é de excelente qualidade. Nota 6,0 em relação ao papel das publicações normais, porque deveriam ser de melhor qualidade: papel pisa-bryte de 60g ou superior, para a publicação para os mangás em novos lançamentos. Se for papel off set, melhor ainda! E nota zero para editora por fazer as capitais do Rio de Janeiro e de São Paulo fase um, enquanto que o restante do país ser fase dois, inclusive quem era fase um antes, ser rebaixado dessa forma. E, por causa disso, ter de esperar até cinco meses para receber os novos lançamentos. E mais ainda, por não plastificarem os mangás, que chegam em péssimo estado pela fase dois. Não que isso também não aconteça com a fase um, mas a dois é bem pior. Plastificando os mangás, evitariam que eles chegasse em mal estado. Vocês fazem isso com os mangás para assinantes, que eu já ouvi dizer. Por que não fazer isso com os mangás que são vendidos em banca? E não adianta dizer que isso é uma medida anti ecológica, assim como dizer que a distribuidora, que é contratada, manda na contratante, que é a JBC. Essa foi a pior desculpa que a JBC poderia dar. Os mal informados com certeza engoliram e caíram nessa, mas pessoas bem informadas como eu, não caem nessa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s