Curiosidades #02 : Mangá e seus formatos – Parte 01

por Thauana

Algo bastante notável, principalmente no Brasil, é como os formatos dos mangás vem se alterando. No nosso país, diferentes dos EUA, as editoras tinham a mania de dividir um volume em dois, causando assim muitas vezes mais renda e  podendo fazer as series mensais, porém esse tipo de formato anda sendo abolido e os padrões estão mais pertos  do formato original.Imagem

Mas falando do formato original, provindo do Japão, a coisa já é meio diferente, pois o original mesmo é muitas vezes lançados em revistas, como a tão famosa Jump que possui uma linha muito vasta (Jump SQ, ShounenJump, Young Jump, SuperJump, Ultra Jump, etc),e apenas após conseguir fama pode assumir o formato que nos conhecemos, a edição encadernada, tendo assim notas do autor,  contracapas e capas de proteção, bem parecido com livros.Essa edição, mais refinada e como conhecemos, tem um padrão de formatos que irá depender muito do mangá que está sendo publicado ou republicado.

Imagem

( Tankoubon- Mangá: Evangelion)

tankoubon(単行本) é o formato mais comum de se encontrar, possuindo de 160 a 200 paginas  tem o tamanho de um livro de bolso, algo entre 13×18 cm. Tal formato também é chamado do mesmo jeito para livros, não apenas para mangás e por ser um formato mais comum não é anormal ver alterações, com edições um pouco maiores e com mais paginas ( alguns chegam a 300 paginas). No Brasil as series que tinham um mangá feito em dois  ( Samurai X, Inuyasha, Sakura, entre tantos outros) eram chamados por alguns de Meio-tanko.

Imagem

( Widedan – Mangá: Inuyasha )

Já o formato widebanワイド版 )é maior, sendo do tamanho A5(14,8 × 21,0 cm ) ou um pouco maior, entretanto muitas vezes tem o mesmo numero de paginas do tankoubon e mesma qualidade, normalmente apenas com qualidade superior ao seu primeiro  lançamento.

Imagem

( Kanzenban – Mangá: Slam Dunk )

O formato de luxo, chamado de Kanzenban possui mais paginas , qualidade maior e  um maior numero de paginas coloridas, tendo cenas inéditas e vários extras como character design.

Imagem

( Bunkodan – Mangá: Maison Ikkoku )

O formato Bunkoban文库版) normalmente se trata de relançamentos, vindo com mais de 200 paginas e tem o tamanho de um livro de bolso (em torno de 10,5×14,8 cm) praticamente o nosso famoso Pocket. O numero de volumes nesse formato é menor do que no lançamento original, sendo um formato para guardar e colecionar com mais praticidade.Imagem

(Aizoudan – Mangá: Sant Seiya)

A edição de colecionador e é chamada de Aizouban(爱蔵版 ).Com qualidade superior aos demais e muito mais paginas,  sendo assim com um valor mais elevado e sendo limitado, em alguns casos essa edição pode ultrapassar cerca de 900 ou mil paginas. Na imagem acima temos um Aizoudan de Sant Seiya (Tamanho: 13,5 x 19,3 cm), na qual as  sagas se dividem dessa maneira:  Santuário (vol. 1-7), Poseidon (vol. 8-10), Hades (vol. 11-15)

Anúncios

6 pensamentos sobre “Curiosidades #02 : Mangá e seus formatos – Parte 01

  1. Pingback: Curiosidades #03 : Mangá e seus formatos – Parte 02 | Mangás Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s