Entrevista com Hiroshi Shiibashi

Aqui segue a entrevista COMPLETA feita pela Shonen Jump Alpha, em português:

CUIDADO pra quem está acompanhando pela JBC. Possui alguns Spoilers. Nada significativo. Mas se você gosta de 100% de mistério sobre o rumo da história, eu não aconselho hahaha.

nur-int-full-splsh

Para pintar uma imagem englobam mais coisas do que apenas pinceladas em um quadro. Hiroshi Shiibashi é um homem complicado com um… mangá complicado! Embora ele tenha estreado na Weekly Shonen Jump em 2008, ele não era nenhum iniciante no negócio. Na primeira entrevista internacional, ele contou como ele começou sua primeira série de sucesso Nura: A Ascenção do Clã dos Youkais. Leia abaixo os detalhes da caminhada à fama e um insight exclusico da guerra das gangues Youkais em yakuza que atualmente esta aterrorizando a Shonen Jump Alpha!

P.1: Sua arte é incrível e inspira muitos fãs. De quem são as artes que te inspiram?nura-int-jojo-cvr
Hiroshi Shiibashi (HS): Eu amo desenhar desde que eu estava na primeira ou segunda série. Eu adorava os super-heróis americanos como Batman e o Superman, e como uma homenagem, eu desenhei um super-herói porco e chamei de “Butta-man.” Eu acredito que fui a primeira pessoa que matou o Superman. [Risadas]

Eu comecei a minha carreira de mangaká como assistente do Hirihiko Araki Sensei (Criador do Jojo’s Bizarre Adventure), então meu estilo de desenho é toscamente parecido com o dele. Ele era uma pessoa muito agradável nos dias de folga, mas ele era um professor MUITO exigente, e eu aprendi muito com ele.

P.2: As lendas Youkais e as referências históricas são bem densas em Nura. Você começou a história possuindo todo o conhecimento e fascinação por Youkais? Ou você pesquisa com frequência novas criaturas e histórias para usar no mangá?

HS: Desde pequeno, eu cresci escutando lendas de youkais. É claro que eu gostava delas, mas eu sabia muito pouco sobre. Antes de eu estrear como mangaká, eu levei meu mangá para várias revistas e publicadoras. Durante aquele tempo, alguém me sugeriu que eu deveria criar um mangá sobre Youkai. E este momento foi quando eu comecei a pesquisar seriamente sobre eles para criar os enredos. E foi só após a serialização de Nura que eu comecei a entender mais sobre Youkai.nura-int-spread

P.3: Os capítulos mais recentes de Nura foram bem assustadores. Você está se baseando em filmes de horror e filmes violentos?

HS: Eu sou mais fã de filmes de Terror que de ação. Eu não gosto de Splatter  (Subgênero de Terror que possuem muita violência), embora pareça um pouco contraditório. Meu Filme favorito é Casa de Cera.
nur-int-nura-princess
P.4: As histórias em Nura transcendem o tempo para contar uma história por trás. Qual é a sua parte favorita sobre o passado de Nurarihyon com a Princesa Yo?

HS: Antes de eu começar Nura, eu já planejava fazer um arco sobre o passado do avô do Nura e como ele se casou com uma humana como a princesa Yo. Eu gostei do fato de que a história se passou na Sengoku Jidai (a era das guerras provinciais no Japão), porque eu acho que os youkais ficam bem naturais nesse cenário, e foram uma ótima junção. Também, a personalidade do avô do Rikuo é muito legal, e as dos vilões também. Descobrindo as origens do clã Nura, trouxe uma grande profundidade para a história.

P.5: Por que Karasu Tengu é menor agora do que ele era a 400 anos atrás?

HS: Essa é uma pergunta difícil. Acho que a personalidade dele se tornou mais dócil depois que ele casou… Eu acho.
nur-int-young-tengu
nur-int-old-tenguP.6: Sobre os pais do Rikuo, sua mãe Wakana não parece ter medo de Youkai. Por que ela é diferente dos outros humanos? Ela era assim antes de conhecer o pai do Rikuo, Rihan, ou ela mudou de idéia?

HS: Eu acho que ela nasceu assim. A coexistência dos youkais e humanos é o foco principal de Nura, e ela foi a primeira humada a unir os dois.
nur-int-family-treenur-int-anime-poster
P.7: Deve ser incrível ter o seu trabalho transformado em anime. Mas o que você fez (ou como você reagiou) quando assistiu o primeiro episódio?

HS: Eu fiz tipo… AW YEAH! [risos] Primeiro, eu fiquei com um pouco de vergonha. Mas quando minha série foi animada, eu percebi que muitas pessoas estavam envolvidas naquilo. No começo, eu fui convidado para a reunião da produção e me perguntaram se eles poderiam incluir elementos originais no anime. A segunda temporada, foi principalmente baseada no mangá, e desde então eu me afastei um pouco do anime. Mas eles me disseram que queriam criar com uma apresentação mais madura, que eu gostei muito.

P.8: Sendo exibido de forma digital com a SJ Alpha permite os fãs dos Estados Unidos acompanhar a história atual de Nura como no Japão. Nós estamos vendo um Rikuo muito mais confiante e poderoso nos últimos capítulos. Quais foram as modificações mais significantes na personalidade do Rikuo nos últimos anos?nur-int-lord-rikuo

HS: Eu acho que a maior diferença entre agora e antes é que o Rikuo começou a perceber o seu propóstio de vida. No começo, ele negava sua identidade. Mas depois de lutar contra oponentes como Gyuki, Rikuo começou a entender o que ele tinha que fazer e o que ele tinha que se tornar.

P.9: Por último mas não menos importante, você tem algum comentário para os leitores da SJ Alpha?

HS: Minha série tem um estilo bem japonês, quase como um ukiyoe (Desenhos em telas japonesas). É um pouco estranho pra mim imaginar que alguém do outro lado do mundo como a América esteja lendo Nura ao mesmo tempo que os leitores do Japão. Mas me deixa extremamente feliz. Eu espero que você aprenda mais sobre a cultura japonesa e estilo de arte e curta os confrontos youkais nessa série.

#FIM#

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s